MOTU Ultralite AVB: Mixando à distância

Padrão

A MOTU, uma das grandes empresas no setor de interfaces de audio digital, está lançando um novo modelo de interface de audio com um incremento interessante na mixagem do som: a possibilidade da comunicação via Ethernet/Rede com qualquer “Smart Dispositivo” servindo de controle.

Interface de Audio MOTU Ultralite AVB

Interface de Audio MOTU Ultralite AVB

Com essa funcionalidade de controlar a mixagem à distância, é possível, mesmo com o aparelho distante, ao gravar com um microfone conectado à interface, alterar ganho, equalizações e reverb utilizando um tablet ou um smartphone, sem precisar de uma segunda pessoa para operar o equipamento, ou ficar “indo e vindo” para chegar à configuração perfeita. Como a interface de audio está conectada na rede, basta acessar o endereço dela na rede para ter acesso aos controles.

Controles da Interface de Audio via Web Aplicativo num Tablet

Controles da Interface de Audio via Web Aplicativo num Tablet

Eis mais algumas especificações do MOTU Ultralilte AVB:

  • Taxa de amostragem de até 192kHz com 24 bits de resolução;
  • 2 Entradas de microfone com ganho de 0 a +56dB e Phantom Power de +48V;
  • 8 Entradas Analógicas com até +24 dBu (ajustável a -96 até +22);
  • 8 Saídas Analalógicas com até +20 dBu (ajustável a -4 até +20);
  • Até 8 canais ADAT pela interface ótica, compatível com TOSLink e S/PDIF;
  • Controlável por interface Ethernet ou por USB 3.0 (compatível com 2.0);
  • Alimentação externa de 12 a 18 Vdc com 1A de corrente.
Painéis Frontal e Traseiro da MOTU Ultralite AVB

Painéis Frontal e Traseiro da MOTU Ultralite AVB

A MOTU Ultralite AVB já está disponível para venda nos EUA com custo de venda sugerido em torno dos US$ 650

Via: MOTU

Interface de Audio Arturia AudioFuse

Padrão

O mercado de interfaces de audio é um mercado sempre em expansão. Novos produtos de empresas consagradas e novas marcas com produtos diferentes vão surgindo a cada NAMM (National Association of Music Merchants ou Associação Nacional dos Comerciantes de Música ) Show, que acontece nos Estados Unidos duas vezes por ano, uma no verão e uma no inverno. E foi na edição de verão deste ano dessa feira, que aconteceu de 22 a 25 de Janeiro em Anaheim na Califórnia, que a empresa francesa, até então especializada em sintetizadores e controladores de audio, apresentou a AudioFuse, uma interface de audio com uma cara de “mesinha de som”.

Algumas especificações:

  • 4 entradas analógicas, sendo duas para Microfones/Instrumentos/Line e outras duas para Phono/Line
  • 4 saídas analógicas
  • 2 canais de insert
  • 1 entrada e 1 saída ADAT
  • 1 entrada e 1 saída S/PDIF
  • 1 entrada e 1 saída MIDI
  • 24-bits de resolução com amostragem de até 192 kHz para o conversor analógico-digital
  • 24-bits de resolução com amostragem de até 192 kHz para o conversor digital-analógico
  • 1 porta USB device
  • 3 portas USB comportando-se como HUB

 

Interface de Audio Arturia AudioFuse

Interface de Audio Arturia AudioFuse

O produto pode vir em três cores diferentes e conta com uma tampa protetora caso você precise transportá-la por aí ou mesmo para fechar quando não estiver usando, evitando assim o acúmulo de pó sobre os botões.

As três cores da AudioFuse

As três cores da AudioFuse

Como vivemos em tempos onde não dependemos tanto de um PC ou de um Mac a todo momento, e estamos cada vez mais conectados a nossos Smartphones, muitas empresas tem se preocupado em fazer seus produtos compatíveis com dispositivos Android e iOS, que é um grande diferencial que esta interface de audio apresenta, perante a maioria das interfaces de audio existentes no mercado.

Painel traseiro da interface AudioFuse

Painel traseiro da interface AudioFuse

Outro grande diferencial deste produto e que parece ser uma tendência no mercado atual da eletrônica voltada ao audio, é a tecnologia que eles chamam de DiscretePRO, que é a responsável por amplificar os sinais analógicos oriundos das entradas. Segundo a descrição da tecnologia, é possível amplificar com clareza sinais analógicos com até -129dB de intensidade, utilizando apenas componentes eletrônicos discretos. Tal metodologia de amplificação parece estar virando tendência atual, pois já falamos aqui do DR-680MKII da TASCAM que utiliza uma metodologia equivalente de amplificação. Isso talvez ocorra porque as fabricantes de circuitos integrados não tenham investido muito na tentativa de miniatuarizar circuitos utilizados em equipamentos de audio profissional.

Tecnologia DiscretePRO da Arturia

Tecnologia DiscretePRO da Arturia

O AudioFuse será lançado ainda neste primeiro semestre de 2015 e tem preço estimado de US$ 599 lá nos Estados Unidos.

Via: Arturia